11 músicas que fizeram sucesso na publicidade

14 de abril de 2011 at 18:01 8 comentários

Marcas capricham na escolha das trilhas sonoras e levam emoção e experiência aos filmes publicitários.

Há filmes publicitários que se destacam tanto pela trilha sonora que acabam tornando-se muito mais significativos do que o próprios clipes originais da canções. Na maioria dos casos, a música é encaixada em uma ideia já existente. Em outros, a trilha se torna o elemento-mãe, e a ideia é construída e se desenvolve a partir da letra.

Isso depende muito da mensagem e da sensação que se quer passar com o comercial, mas em todos os casos, a escolha da trilha tem a ver com a geração de uma experiência emotiva e sensorial com a marca – e é através dela que se desenvolve a relação com os consumidores.

Os comerciais que serão mostrados a seguir, alguns bastante premiados, são exemplos perfeitos de trabalhos que deram certo e são lembrados até hoje pela harmonia alcançada.

1. Apple: Love Train, do Wolfmother, e a série Silhouettes

Em 2004 e no decorrer dos anos seguintes, a Apple lançou uma série de comerciais chamada “Silhouettes”, criada para promover o iPod nas ruas. A campanha foi eleita a “Propaganda de rua da década” pela AdweekMedia em 2010 por conseguir deixar o produto claro para as pessoas sem que ele fosse o foco do olhar nos anúncios publicitários.

As peças traziam silhuetas de pessoas dançando contra panos de fundo bem coloridos, sempre ouvindo músicas em iPods e fones da Apple, que são implicitamente lembrados por serem representados na cor branca. Dessa forma, os aparelhos destacam-se em relação à silhueta e também ao fundo.

Os comerciais e as “silhuetas dançarinas” são variados e modificam-se de acordo com a trilha. Entre os artistas que participaram da série com músicas próprias estão: Wolfmother (ao lado), U2, White Stripes, The Temper Trap, Feist, Jet, The Fratellis,Coldplay, Gorillaz, Steriogram, The Black Eyed Peas,Daft Punk e outros.

2. Fundação Síndrome de Down: Fake Plastic Trees, do Radiohead

A propaganda “Carlinhos”, como ficou conhecido o comercial institucional da Fundação Síndrome de Down, tornou-se popular na década de 90 e é lembrada até hoje pela suavidade com que tratou o tema: “Down. A pior síndrome é a do preconceito”.

Criada pela agência DM9DDB em 1998, o filme tinha a música “Fake Plastic Trees”, do banda britânica Radiohead, como trilha sonora. O mérito do comercial está no casamento perfeito entre som e imagem, com um grande potencial para emocionar.

A música foi doada pela banda para o filme.

3. Coca-Cola: What a Wonderful World, de Louis Armstrong, cantada por Joey Ramone

Big Splash, a primeira campanha da Coca-Cola para a América Latina em 2009, mostra um mundo drasticamente modificado pela explosão de uma garrafa do refrigerante: pessoas mais felizes, lugares mais coloridos e poluição transformada em bolhas transparentes e espuma. O visual totalmente psicodélico no melhor estilo anos 70 brinca com o poder transformador das atitudes positivas.

Com o slogan “Sua felicidade transforma” e a música “What a Wonderful World”, originalmente cantada por Louis Armstrong, agora na voz de Joey Ramone, o filme leva a assinatura da Ogilvy Argentina, com adaptação da Ogilvy Brasil para a versão tupiniquim.

Produzido pela Stink de Londres, o comercial também foi exibido no Japão e na Itália.

4. Mitsubishi Pajero – Forever Young, do Alphaville

Uma sequência com várias pessoas usando máscaras de lama sobre o rosto, cantando baixinho e sem ânimo “Forever Young”, uma das músicas mais conhecidas do grupo alemão Alphaville. A primeira impressão que se tem quando o comercial começa é de que em seguida virão frases sobre algum tratamento ou produto estético. Foi por isso que o filme “Lama faz Bem”, do Mitsubishi Pajero TR4 Flex 2010, surpreendeu tanto.

Na peça, as imagens e o conceito de manter a juventude formam um jogo de significados perfeitamente encaixado com a letra da música oitentista, aqui em uma versão punk rock.

Assinada pela agência Africa, o comercial destaca os atributos do carro e o poder que ele tem de tornar as pessoas ainda mais jovens e felizes do que qualquer tratamento estético.

5. Nestlé: Emoções, de Roberto Carlos

Em 2011, a famosa canção “Emoções”, de Roberto Carlos, foi usada pela primeira vez em uma campanha publicitária. A música é a trilha sonora de “Retrospectiva”, uma das peças que marcam a comemoração dos 90 anos da Nestlé no Brasil.

A estratégia da marca foi envolver os consumidores com atributos emocionais, mostrando no decorrer do comercial cenas representativas para a vida de cada consumidor, individualmente, e também para o Brasil, como por exemplo as vitórias de Daiane dos Santos, Ayrton Senna e Guga no esporte.

A presença de Roberto Carlos em comerciais da Nestlé acontece desde o início do ano passado, quando a Nestlé lançou o comercial “Em ritmo de prêmios”, que sorteou 50 calhambeques inspirados no carro da famosa canção do Rei. Desde então, a marca tem relacionado com sucesso sua imagem ao cantor.

6. MercadoLivre: Someone is there waiting for my song, de Aselin Debison

Em 2006 o MercadoLivre.com criou um spot de 30 segundos em que um rapaz anuncia a venda de um beijo pelo site, e uma garota resolve comprar o “produto”. A ideia da peça era humanizar o slogan “Alguém procura o que você tem, alguém tem o que você procura”, destacando o MercadoLivre como um ponto de encontro para os desejos dos usuários.

Bom exemplo de harmonia entre ideia e trilha, “Beijo”, como foi chamado o vídeo, fez a música “Someone is there waiting for my song”, da canadense Aselin Debison, ficar na mente de todos cada vez que o comercial era exibido na TV. Aparentemente, a parceria deu certo. O comercial seguinte do MercadoLivre, chamado “Moto”, leva também na trilha a assinatura da cantora.

7. Fiat Punto: Shut Your Eyes, do Shout Out Louds

Comercial do Fiat Punto de 2007, “Heroína” foi criado pela agência Leo Burnett e mostra a relação de um rapaz com uma personagem de HQ. A personagem sai de um cartaz no início do filme e ganha vida, passando a fazer parte do cotidiano do protagonista para, por fim, voltar ao seu lugar original.

A música que embala o comercial chama-se Shut Your Eyes, e é originalmente da banda sueca Shout Out Louds, mas a versão que passa na TV é mais lenta, cantada pelo próprio diretor da peça, Carlos Manga Jr.

Há ainda outra versão do comercial, com a música original cantada pela banda.

8. VISA: Today, de Smashing Pumpkins

Em 2009, a VISA estreou um comercial inspirador criado pela agência TBWA\Chiat\Day e embalado por Today, de Smashing Pumpkins. Na versão exibida no Brasil, a peça publicitária, parte da campanha “Go”, é narrada pelo ator Antônio Fagundes.

Liderada por Billy Corgan, Smashing Pumpkins foi uma das bandas mais aclamadas e de maior sucesso comercial dos anos 90. Embora ainda esteja em atividade hoje, porém, já não possui mais a formação original, nem cativa o público como antigamente.

O licenciamento de uma música do grupo para fins comerciais marcou uma mudança no posicionamento de Corgan. Cinco anos antes, o cantor havia declarado em uma entrevista ao site da Newsweekque já se recusara a autorizar o uso de duas de suas músicas (Today e Tonight, Tonight), mesmo em troca de muito dinheiro, por representarem canções sagradas para ele. Os tempos mudaram.

9. Fiat Idea: Un Belo Dia, de Yaniel Matos Perez

O comercial de lançamento do Fiat Idea, de 2006, fez muita gente sair cantando “Un Belo Dia” sem perceber. A música ganhou simpatia e virou hit.

Interpretada por Yaniel Matos Perez, “Un Belo Dia” foi produzida pelo estúdio Tentáculo especialmente para o filme, a pedido da agência Leo Burnett, que atende a conta da Fiat.

10. Nescafé Dolce Gusto: Sex Machine, de James Brown

A Nescafé Dolce Gusto incorporou James Brown em 2009 e colocou suas cafeteiras para dançar ao som de Get Up I Feel Like Being A Sex Machine, também conhecida como Sex Machine.

O filme, lançado para anunciar a parceria entre a Nestlé e a Krups, fabricante alemã de máquinas de café, é aberto com a voz do próprio cantor, que anuncia “Fellas, I’m ready to get up and do my thing”.

Um comercial simples e empolgante, capaz de gerar desejo de consumo. Nada mais sugestivo do que comparar uma máquina que prepara café – uma bebia tão associada à vivacidade -, a uma “Sex Machine”.

11 . Claro Teste: Should I Stay or Should I Go?, de The Clash

A campanha Claro Teste, de 2009, é embalada com muita pertinência pela clássica “Should I Stay or Should I Go?”, da banda inglesa The Clash. A música faz parte do álbum Combat Rock, de 1982, do grupo. Ao lado de Sex Pistols e Ramones, The Clash foi um dos ícones do movimento punk na década de 80.

A escolha da trilha encaixou perfeitamente no comercial porque ambos trabalham com a ideia de dúvida. No caso do filme da Claro, a música introduz o teste, produto oferecido pela empresa.

O comercial foi dirigido pelo cineasta Heitor Dalia e criado pela AlmapBBDO.

fonte: exame.abril.com.br

Poderá gostar também de:

Propagandas de motel

As empresas mais inovadoras do mundo

Uma ótima campanha publicitária para o Office

About these ads

Entry filed under: Anúncios/Comerciais, Variados. Tags: , , , , , , , , , , , .

Entenda o que é Globalização 10 excelentes propagandas de cerveja

8 Comentários Add your own

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Top of Mind

Nosso contato

quasepublicitarios@gmail.com

Envie suas dicas
Compartilhe seus trabalhos
Sugira algum conteúdo
Tire suas dúvidas
Solicite uma parceria

Quase recomenda blogs

Frase da vez

"O melhor jeito de ser mais atento e menos ingênuo, é ler demais e assistir de menos."

Satre Júnior

Verbetes da vez

COPIÃO - Primeira seleção montada das cenas - filmadas - de um comercial, para análise e decisão final sobre a montagem ou edição. (Ver Edição e Montagem)

COPY - Texto, em inglês. Termo utilizado para definir o texto de uma peça publicitária.

COPYRIGHT - Direito legal de propriedade de um texto, frase, livro, obra de arte, música ou qualquer outra forma de expressão.

Slogans da vez

Brahama - A número 1! / Refresca até pensamento!

Unimed - O melhor plano de saúde é viver. O segundo é UNIMED.

Quick - Faz do leite uma alegria.

Anúncio da vez

Shopping Piracicaba

All Type da vez

Clique para aumentar

Material Esportivo

Garoto propaganda da vez

Tony the tiger

A marca da vez

Clique com a roda do mouse

Hugo Boss

As últimas do twitter

QUASE no facebook

Adicione o QUASE no orkut

QUASE no Twitter

Siga o QUASE no twitter

Quase no YouTube

Acompanhe o canal do QUASE no youtube

Posts anteriores

Pérolas da vez

Aluno diz: - profª, podemos fazer um intervalinho; Profª responde: - é, é o filme uma linda mulher. Pode alugar que é bom.
***
Profª diz: Estão vendo este slide? Então, isso é o coração; isso é o bonequinho da oi (apontando para o bonequinho da vivo).
***
Profª diz: Os publicitários devem ser como detetives. Igual aquele detetive "Xerox Holmes" --> Juro que ela falou isso!
***
Prof diz: Semana q vem traz um vídeo do Super Bowl, um vídeo em Jpeg. VÍDEO EM JPEG??? Ai Pai altíssimo. Qta ignorância.
***
Prof. diz: Vamos fazer uma votação pra escolher o melhor jingle. Qual vocês preferem?
Turma responde: Quais os jingles que tem?
Prof. diz: - Só um.
Turma responde: Ué, então vai fazer votação pra que?
***
Prof informa: "Pessoal, não dá pra imprimir branco"
Aluno 1: "Ué, mas e se eu quiser..."
Aluno 2: "E se eu levar na gráfica..."
Aluno 3: "Ué, mas tem um cartaz aí na parede com letras brancas."
Aluno 4: "Mas e se..."
Prof interrompe: "Gente, o branco é o do papel"
Aluno 1: "Mas e se o papel for verde, tem como?"
Aluno 2: "O prof. a parede é branca."
Prof interrompe (meio puto já): "A parede não passou na impressora né?"
***
Prof pergunta: "Quais os 4 P's do marketing"
Aluno responde: "Compras, Comércio, Causas, Cidade"
***
Prof pergunta: "Digam um local no Rio de Janeiro em que morem pessoas da classe A".
Aluno responde: "Brasília"
***
Aguardando o próximo King Kong

Já passaram por aqui:

  • 1,261,521 QuasePublicitário(a)s

Vagas pelo Twitter

@CiadeTalentos - Oferece vagas para jovens profissionais, principalmente para trainees.

@michaelpagebr - Oportunidades para executivos de média e alta gerência.

@asapexec - Recruta profissionais de diferentes funções e mercados.

@vagas - Oferece vagas e dicas sobre cursos.

@DMRH - Trabalha posições com alto grau de complexidade. Portanto, é para profissionais mais experientes.

@job4dev - Oportunidades no mercado de TI.

@vagasnaweb - Oferece estágios e empregos para os profissionais de web.

@EmpregoBrasil - Vagas para profissionais de todos os níveis.

@elancers_net - Site de recrutamento, divulga empregos e publica notícias.

@PCIconcursos - Divulga empregos, estágios e o calendário de concursos públicos.

@curriculumvagas - Anuncia empregos para os mais variados níveis e funções em todo o Brasil.

@link_zero - Oferece vagas para jornalistas.

@frilas - Vagas para projetos específicos e temporários nas áreas de comunicação, publicidade e tecnologia.

@publicijobs - Informações sobre freelances e empregos que possam interessar aos mais variados tipos de profissionais da área da Comunicação.

Twitters das agências

Agência Fischer+Fala!
@FischerFala

Agência Talent
@TalentProp

Agência Loducca
@AgenciaLoducca

Agência DPZ
@dpzpropaganda

Agência Young & Rubicam
@YoungBrasil

Agência Ogilvy
@OgilvyPRBrasil

Agência Almap BBDO
@AlmapBBDO

Agência Lew,Lara TBWA
@LewLaraTBWA

Agência JWT
@JWT_Brasil

Agência Bullet
@blogdabullet

Agência F/Nazca
@fnazca

Agência DM9DDB
@DM9DDB

Agência Click
@agenciaclick

Agência África
@agenciaafrica

Quase é notícia

Quem curte o QUASE…


%d blogueiros gostam disto: